04 – PT PAGA “BATALHÃO VIRTUAL”, COM DINHEIRO PÚBLICO, PARA CALUNIAR BOLSONARO NA INTERNET

0

Rio de Janeiro, 29 de janeiro de 2014.

 

PT PAGA “BATALHÃO VIRTUAL”, COM DINHEIRO PÚBLICO, PARA CALUNIAR BOLSONARO NA INTERNET

 

      Meus Amigos.

O Partido dos Trabalhadores (PT) possui um “batalhão virtual”, com milhares de pessoas – muitas empregadas em cargos comissionados no governo, portanto, pagas com dinheiro dos nossos impostos – para difamar e caluniar adversários políticos na internet, principalmente, no Facebook e no Twitter.

O colunista da Veja, Reinaldo de Azevedo, denunciou o caso em seu blog e revelou que um dos principais alvos é o Bolsonaro!

      LEIA E COMENTE:

http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/pt-vai-aprimorar-a-sua-policia-politica-na-internet/

Por um lado, ficamos orgulhosos de sermos um dos principais alvos do PT, pois é sinal de que os incomodamos com nosso trabalho de desmascarar essa quadrilha, que continua assaltando o Brasil com uma das cargas tributárias mais altas do mundo e roubando os cofres públicos para fazer caixa 2 de campanha – e para pagar multa de ladrões mensaleiros condenados pelo STF, como Genoíno e Dirceu. Por outro lado, preocupa-nos a proporção que pode tomar a enxurrada de mentiras que começarão a divulgar na internet contra a família Bolsonaro e outras lideranças vistas como ameaça.

Não temos medo do enfrentamento com essa laia, ao contrário, isso muito nos estimula – dá tesão mesmo! Mas nossa inferioridade numérica para combatê-los somente poderá ser compensada se contarmos com a ajuda de cada um de vocês, pelo bem das futuras gerações de nosso país.

      A luta continua!

FLÁVIO BOLSONARO
Deputado Estadual RJ
http://www.twitter.com/flaviobolsonaro
deputado@flaviobolsonaro.com.br

Share.

About Author

É irmão do Deputado Federal Eduardo Bolsonaro e do Vereador Carlos Bolsonaro, com os quais comunga os ideais e pensamento político de seu pai, Deputado Federal Jair Bolsonaro, resumidamente representados pela defesa da família; dos valores cristãos; do valor e importância do trabalho e do mérito como mais justos critérios de progresso social e distribuição de renda; da ética; da propriedade; do respeito aos direitos dos cidadãos cumpridores das leis – dentre outros.