PERFIL

0

Flávio Bolsonaro - Deputado Estadual - RJ

Casado e pai de duas filhas, Flávio Bolsonaro nasceu em Resende, RJ, na Academia Militar das Agulhas Negras – AMAN, em 30 de abril de 1981, tendo ingressado na política como o Deputado Estadual mais jovem da legislatura 2003/2007.

Empresário e Advogado, possui especializações em Políticas Públicas pelo IUPERJ e em Empreendedorismo pela FGV.

É irmão do Deputado Federal Eduardo Bolsonaro e do Vereador Carlos Bolsonaro, com os quais comunga os ideais e os valores apreendidos de seu pai, Deputado Federal Jair Bolsonaro, resumidamente representados pela defesa da família; dos valores cristãos; do valor e importância do trabalho e do mérito como mais justos critérios de progresso social e distribuição de renda; da ética; e do direito à propriedade e à posse e porte de armas por cidadãos cumpridores das leis. De tais valores, retira a orientação para sua atuação parlamentar que tem especial foco na Segurança Pública e nas condições de vida e trabalho dos servidores que nela atuam, bem como na defesa da aplicação criteriosa e responsável dos recursos provenientes dos contribuintes.

Recentemente foi reeleito para seu quarto mandato com a expressiva marca de  160.359 votos – colocando-se como o terceiro Deputado Estadual mais votado no pleito.

Fugindo de práticas viciadas, jamais alicerçou seus mandatos na exploração assistencialista ou em relações de troca que, infelizmente, provocam a vergonha da sociedade em relação à maioria dos políticos. Esforça-se por manter a independência de seus votos e seu posicionamento incondicional em favor das causas que, segundo sua percepção, representam o interesse da sociedade e correspondam à expectativa daqueles que lhe confiam o voto.

Fundamenta sua conduta na convicção de que más práticas políticas concorrem para a manutenção da condição de dependência das camadas mais carentes da população e favorecem a relações promíscuas que hoje se tornaram triste rotina.

Sua atuação especial nas Áreas de Segurança Pública, Administração Penitenciária e Defesa Civil, se dá mediante a defesa e apresentação de propostas que buscam valorizar o ser humano, elemento fundamental para a aplicação das políticas de governo e dos avanços tecnológicos voltados à reversão do quadro de insegurança verificado no Estado do Rio de Janeiro. Nesse contexto, sempre atuou no sentido da luta pela motivação dos servidores dessa área, em especial no que concerne à remuneração, condições e jornadas de trabalho, equipamento e preparo compatíveis.

Por perceber o planejamento familiar como fator de redução da exclusão social – além de identificá-lo como mecanismo capaz de permitir, às pessoas, o exercício consciente de suas liberdades – criou, no âmbito da ALERJ, a Comissão Especial de Planejamento Familiar.

Presidiu frentes parlamentares em defesa da transparência na gestão pública, bem como diversas comissões especiais. Dentre elas, merece destaque aquela destinada à apresentação da proposta de um novo instrumento disciplinar para a Polícia e o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro – que merece ser atualizado em relação aos avanços democráticos para assegurar a cidadania dos militares estaduais. Na mesma linha de defesa dos servidores, presidiu comissão especial voltada ao acompanhamento das jornadas de trabalho dos integrantes das Áreas de Segurança Pública, Defesa Civil e Administração Penitenciária, voltada, dentre outros objetivos, ao estabelecimento de um limite – por absurdo que pareça ainda inexistente – para as jornadas de trabalho dos militares estaduais em situação de normalidade, de rotina.

Sempre se posicionou contrariamente a sistemas de cotas para ingresso nas Instituições de Ensino Superior e cargos públicos, em especial contra critérios puramente raciais – pelo entendimento de que este enfoque não permite a correção dos desajustes em virtude dos quais são propostas e, ainda, pelas injustiças decorrentes da inviabilidade de sua aplicação precisa, técnica – apartada de critérios meramente ideológicos.

Recentemente, no mês de abril de 2015, chegou a impetrar representação por inconstitucionalidade contra o Decreto Estadual Nº 45.628/2016, que postergava o pagamento dos benefícios previdenciários de inativos e pensionistas do Estado, tendo obtido, liminarmente, a suspensão da eficácia do diploma e, por conseguinte, foi determinado pela Justiça o pagamento dos benefícios aos servidores.

Finalmente, mas não esgotando o espectro de sua atuação parlamentar, merece citação seu esforço no sentido do fim da doutrinação ideológica nas escolas, em especial no que concerne aos ensinos fundamental e médio, represe

Share.

About Author

É irmão do Deputado Federal Eduardo Bolsonaro e do Vereador Carlos Bolsonaro, com os quais comunga os ideais e pensamento político de seu pai, Deputado Federal Jair Bolsonaro, resumidamente representados pela defesa da família; dos valores cristãos; do valor e importância do trabalho e do mérito como mais justos critérios de progresso social e distribuição de renda; da ética; da propriedade; do respeito aos direitos dos cidadãos cumpridores das leis – dentre outros.